segunda-feira, 26 de março de 2012

CRONONOGRA DE ATIVIDADES DO MÊS DE ABRIL

02/04 - Início aulas do PP, EP e Reforço Pedagógico

05/04 - Comemoração de Páscoa

Caminhada pela PAZ e pelos 70 anos da Escola

Para todos os professores, alunos e funcionários de todos os turnos da Escola

A comunidade está convidada

8 horas e 30min saída da Escola

Roteiro: Rua Costa Gama, Santos Dumont, Julio de Castilhos e Praça da Matriz

**Se chover aula normal nos três turnos

16 e 17/04 - Pré Conselho Participativo

28/04 (manhã e tarde) Formação para professores do 1º ao 3º Ano do Ensino Fundamental

** Exposição Cultural na Câmara de Vereadores: Prudente de Morais 70 ANOS

segunda-feira, 5 de março de 2012

ATENÇÃO!!!!

Expediente Interno na secretaria da Escola todas as quartas-feiras no turno da tarde; portanto, organize-se para solicitar atendimento somente nos turnos da manhã e/ou noite caso necessite de algum documento ou informação neste dia.

sexta-feira, 2 de março de 2012

PLANO ESTRATÉGICO ADMINISTRATIVO - 2012




NECESSIDADES IMEDIATAS
Atender a demanda diversificada;
Priorizar o setor pedagógico “ ;
Oportunizar momentos de reflexão voltados para a aprendizagem dos alunos;
Estimular e oferecer condições aos professores para desenvolver projetos ;
Diminuir índices de repetência e evasão;
Continuar as melhorias na infra-estrutura

GARANTIA
Ambiente acolhedor e favorável , apoio ao trabalho docente;
Ações conjuntas;
Parcerias (sintonia/ relação dialógica)

CONSEQUÊNCIAS
Ensino de qualidade
Reconhecimento, respeito e credibilidade
Índices satisfatórios de aprovação
Permanência do aluno na escola

Foco de Trabalho /Escola de referência / Identidade própria / Educação de Qualidade

OBJETIVOS
Ter como foco no Ensino Médio a preparação do aluno para o mercado de trabalho e para a cidadania - “Escola mediadora entre o conhecimento e o trabalho”;
Promover oficinas de teatro, dança, música, artesanato, esportes, ecológicas e de estudos, libras, palestras, encontros, campanhas solidárias, educativas e capacitação aos professores, funcionários, alunos e pais / Projetos;
Divulgar as ações ( jornais e rádios da região), painel informativo, internet e blog;
Buscar a participação e apoio do Conselho Escolar, CPM, Grêmio Estudantil, professores, alunos e funcionários;
Ampliar e atualizar o acervo da Biblioteca, além de dinamizar o espaço visando aproximar os alunos e professores do ambiente de leitura, pesquisa e estudos;
Firmar parcerias com a 11ª CRE, prefeituras, órgãos públicos e privados, empresas, Associação Comercial do Município e entidades filantrópicas;
Promover reuniões periódicas administrativas e pedagógicas, com a participação dos segmentos da escola ;
Otimizar o uso dos Laboratórios e setores da escola;
Rever os Planos de Estudos e o Regimento Escolar, atualizando-os conforme a demanda, as necessidades do contexto escolar, e a lei vigente.

PROJETOS E OFICINAS
AULA DE REFORÇO - UM COMPROMISSO DE TODOS
O trabalho de reforço, está inserido à proposta da LDB, Cap. II Da Educação Básica, Seção I- Das Disposições Gerais, Art. 24. V. (Extensivo as Séries Iniciais)
PROJETO - DE BEM COM A TURMA
Oportunizar trabalhos em equipes e grupos e a mudança na disposição das classes;
Criar um contrato de convivência social com as turmas, definindo normas e regras a serem seguidas por todos os envolvidos;
Esclarecer a turma sobre O Regimento Escolar (direitos e deveres);
Ação conjunta : professor, coordenação pedagógica, orientação educacional e direção (Disciplina e Rendimento ).
PROJETO - CAPACITAÇÃO CONTINUADA COM PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS
Oportunizar os professores e funcionários a interagir diretamente com o grupo de colegas como palestrante, compartilhando vivências e experiências de cursos e capacitações , de sala de aula ou do seu setor de trabalho
PROJETO - ORIENTAR – SOE
Construir um espaço de diálogo e confiança entre Escola e Família, Orientador com os Professores e Alunos;
PROJETO - AÇÃO SOLIDÁRIA
Vivenciar momentos de partilha;
Transformar ações isoladas em comunitárias.
PROJETO - FAMÍLIA ATUANTE
Promover / Oportunizar :
Ciclo de palestras e debates informativas pertinentes à educação de crianças e de adolescentes

Momentos de interação dos pais com os professores, coordenação pedagógica, orientação educacional e direção ;
Desenvolver uma relação dialógica, de acolhimento e compreensão com os pais, para o crescimento e amadurecimento das relações Família – Escola, Pais
PROJETO - BIBLIOTECA ESCOLAR DINÂMICA
Oferecer, um ambiente acolhedor e atrativo, que desperte o interesse dos visitantes a leitura e ao desenvolvimento de ações criativas e inovadoras.
PROJETO - MEIO AMBIENTE
Por onde começar?
Colocar em prático os projetos e ações do ano anterior;
PROJETO – ARTE EM VALORES: OFICINAS DE INCLUSÃO – DESCOBRINDO VALORES
Manter o grupo de teatro, as técnicas , transformar, incentivar a dança.
PROJETO – ESPORTE COMO FORMA DE LASER, RECREAÇÃO E SAÚDE
Promover e incentivar o convívio esportivo, recreativo e social, oportunizando os alunos a participarem de atividades de iniciação desportiva, treinamentos e competições.

PROJETO – ENSINO MÉDIO EM AÇÃO
Desafio:
Oferecer condições necessárias aos alunos para o desenvolvimento das suas potencialidades.
                  Criar uma identidade para o Ensino Médio”
PROJETO - SEMANA DO TÉCNICO DE CONTROLE E PROCESSOS INDUSTRIAIS
Outras ações:
Viabilizar contatos para aquisição de recursos;
Criação do Curso de Eletrônica;
Seminário da Educação profissional;
Rever o projeto “Automação da Escola”;
Reativar o projeto “Economia de Energia Elétrica”
Orçamento Participativo:
Ensino Fundamental (doze mil reais)
Ensino Médio (vinte e um mil reais)
Curso Técnico (sessenta e três mil reais)
Muro ( sessenta e cinco mil reais)
Mais Educação (trinta e cinco mil reais)
PROJETO – A TECNOLOGIA A SERVIÇO DA COMUNIDADE ESCOLAR
Adquirir equipamentos de ponta é muito mais fácil do que efetivamente se apropriar das novas possibilidades de construção do conhecimento”.
Maria Olyntho
Atualizar a página da Internet da escola.
Manter e melhorar o blog estimulando as turmas a participar.

ESTRUTURA FÍSICA DA ESCOLA
A infraestrutura é essencial no desenvolvimento dos estudantes. A forma como a escola usa o espaço, as relações interpessoais e a interação com a comunidade também são importantes na Educação das crianças”.
Thais Gurgel
MELHORIAS  REALIZADAS NOS MESES DE JANEIRO E FEVEREIRO 2012
Reforma do piso da quadra externa de basquete;
Troca do piso da sala de Técnicas e Artes;
Reforma do Ginásio, com pintura interna e tela divisória, recuperação das goleiras e redes;
Ampliação da área de circulação em frente ao barzinho;
Reforma do piso da área de circulação;
Início da licitação para a construção de parte do muro ( Rua da Lagoa ).

SALAS DE AULA E BANHEIROS
Manutenção geral ( vidros, pintura e troca das portas salas 28,29 e 30, piso)
Prédio Administrativo
Redimensionamento do espaço físico e pintura;
Acompanhando Processos: telhado, escada externa e cedência para a Prefeitura Municipal de Osório.
Laboratórios
Manutenção , aquisição de equipamentos e material para as aulas práticas e o desenvolvimento de projetos pedagógicos.
QUADRA EXTERNA COBERTA

quinta-feira, 1 de março de 2012

REESTRUTURAÇÃO CURRICULAR DO ENSINO MÉDIO

Caminhante não há caminho, o caminho se faz ao andar”
Antônio Machado.

Parecer CNE/CEB nº 39/2009
Aplicação do Decreto nº 5.154/2004 - Educação Profissional Técnica de Nível Médio e no Ensino Médio
Urgência na adequação das Diretrizes Curriculares Nacionais, no que se refere à Educação Técnica de Nível Médio - implantação imediata.

Parecer CNE / CEB nº 05/2011
PDE estabelece metas para o Brasil de 2011 à 2020
Universalizar até 2016 atendimento para toda a população de 15 a 17 anos e até 2020 elevar a taxa de matrículas no Ensino Médio para 85%;
Universalizar atendimento para estudantes com deficiência dos 4 aos 17 anos;
Oferecer educação integral em 50% das escolas públicas de Educação Básica;
Atingir médias do IDEB;
Duplicar matrículas da Educação Profissional Técnica de Nível Médio;
25% de matrículas EJA na forma integrada a Educação Profissional...
Pesquisas apontam 75% dos alunos já estão inseridos no mercado de trabalho;
Trabalho está mais presente na vida dos jovens do que a escola;
Muitos abandonam a escola pelo emprego;
Desencaixe entre escola e jovens não deve ser visto como incompetência da escola ou desinteresse do aluno;
O Brasil passa por um novo ciclo de desenvolvimento e por contradições sociais ( avanço na inclusão educacional sem transformar a estrutura social desigual – acesso precário à saúde, cultura, lazer, trabalho, transporte);
Jovens criam novas expectativas de inserção ao mundo do trabalho e em relação ao papel da escola nos seus projetos de vida.
Escola
Ressignificar para atender esse público alvo (acolhimento - Conhecemos nossos estudantes? Proximidade? Expectativas? Interesses? Necessidades? );
Viabilizar inserção e condições e novas formas de organização da proposta de trabalho – metodologias e de seu Projeto Político Pedagógico;
Reconhecimento da diversidade;
Noturno: local de incentivo, desafios, construção do conhecimento e transferência social (adequar as condições do educando sem reduzir nº aulas e qualidade do ensino; Alunos saem e voltam pelo valor da escolarização, dificuldade de conciliar trabalho e escola, dificuldades financeiras).
Arroyo afirma : ” é um trabalhador estudante”
Necessidade de aprofundamento teórico: LDB 9394/96, Parecer nº 06/2001 CEE/RS, Parecer nº 851/2000 (avaliação), Parecer nº 693/2001, Diretrizes Curriculares Nacionais, Resolução do CEE nº 02 de 30/01/ 2012, Parecer nº 156 de 27/01/2012 (regimento provisório);
Sentidos da escola... Investigar... Por que evadem? Reprovam? Perda do significado? Crise? Conteúdos sem significado? Conteúdos, qual o sentido? Quais são os vínculos do aluno com a escola? Por que mudar?
Ensino Médio Politécnico / Perfil em construção:
Deverá promover o aprofundamento dos conhecimentos do Ensino Fundamental e a preparação para o trabalho e cidadania(aprimoramento do educando como pessoa);
Importante: ouvir, acolher sem preconceitos, enxergar quem está à nossa frente, teorizar a prática e repensar nossa prática dentro da escola.
Currículo organizado a partir das quatro áreas do conhecimento, as quais abarcam as disciplinas tradicionais, mais a parte diversificada, totalizando 30 períodos, sendo 4 destinados para o Seminário Integrado.
Trabalho, ciência , tecnologia e cultura são instituídos como base da proposta de desenvolvimento curricular do Ensino Médio
Trabalho como princípio educativo
Pesquisa como princípio pedagógico
Direitos humanos como princípio norteador
Sustentabilidade ambiental como meta universal
Desafio: implantação de uma política permanente de formação docente para o EM
Decreto nº 6755/2009 - Politecnia: implica a união entre escola e trabalho, instrução intelectual e trabalho produtivo, educação do intelecto, do corpo, tecnológica, cultural (formação humana integral – Om nilateral ) ;
O conhecimento só tem significado no contexto;
Consiste em levar à sala de aula um currículo organizado a partir das quatro áreas do conhecimento, levando em consideração os contextos e a diversidade;
Seminário Integrado: É a novidade da proposta. Ele nasce como um eixo articulador entre a teoria e a prática, trazendo para a sala de aula a realidade do aluno, que passa a determinar o conteúdo das disciplinas;
Possibilita o diálogo entre os componentes curriculares, consolidando as relações teoria-prática-parte-totalidade.
Seminário Integrado: é disciplina e deve ser organizado através de projetos com significado;
Projeto: define a metodologia de trabalho das disciplinas (ação-reflexão-ação), possibilita a intervenção na realidade e a construção do conhecimento, ocorrendo assim, uma nova problematização.
Coordenador: das áreas do conhecimento passa a ser um articulador entre as áreas do conhecimento e as disciplinas.
Currículo: considerar os significados socioculturais, articular saberes cotidianos e o conhecimento historicamente acumulado ; educador ir além; professores e alunos protagonistas; investigação sócio antropológica deverão subsidiar o planejamento geral da escola e o seminário deve aprofundar.
Avaliação : Emancipatória (diagnóstica, formativa, contínua e cumulativa);
Regimento: vigência provisória.
Desafio:
Implantação das mudanças, através da construção coletiva na perspectiva de encontrarmos o caminho que propicie o conhecimento.


CONTRATO PEDAGÓGICO


Esclarecimentos para o bom andamento das aulas
  1. Horário de entrada e saída das aulas:
    1. Os horários de entrada, saída e dos intervalos devem ser respeitados não ultrapassando o tempo estipulado pela escola.
    2. Tolerância de 15 minutos na entrada somente para o turno da noite.
    3. Somente a coordenação e/ou vice-direção da escola poderão comunicar na forma de aviso alterações em horário e substituição de aulas.

  1. Lista de Chamada:
    1. A chamada pode ser feita aleatoriamente em qualquer um dos períodos de aula do respectivo horário do professor, sendo que a ausência do aluno num período superior a 15 minutos implica em falta.

  1. Faltas
    1. Cada aluno é responsável pelo controle de suas faltas e o aproveitamento de suas aulas (menor de 18 anos os responsáveis).
    2. A justificativa de faltas só será feito mediante atestado médico ou com justificativa dos responsáveis junto a direção .

  1. Uso de material didático (apostila, livro, data show, retroprojetor, etc...) nas aulas.
    1. O uso de material didático fica a critério do professor e cada aluno fica responsável pela obtenção do seu próprio material.

  1. Situação quanto ao uso de celular durante as aulas.
    1. É proibido o uso de celular( conforme Lei nº 12.884 de 03/01/2008) e/ou qualquer tipo de aparelho sonoro em sala de aula, caso ocorra o descumprimento o aparelho deverá ser retirado e entregue para a direção.

  1. Uso de Computadores
    1. É permitido o uso apenas para a matéria em questão conforme determinado pelo professor, sendo proibido o acesso a sites que não sejam de cunho educacional.

  1. Apresentação de trabalhos de forma oral e escrita
    1. Fica a critério do professor estabelecer datas e horários específicos para entrega de trabalhos e/ou apresentação, e só serão avaliadas em datas estabelecidas. Somente o professor responsável poderá receber o trabalho.

  1. Ausência em Avaliações
    1. No caso de impossibilidade de comparecimento do aluno em uma ou mais avaliações, o mesmo fará uma nova avaliação mediante a justificativa da ausência, com atestado médico ou presença dos responsáveis na escola, no prazo de 03 dias úteis.
  2. Avaliações
    1. O aluno será avaliado considerando pontualidade, organização, iniciativa, participação, responsabilidade, ética e outros instrumentos conforme o professor previamente estabelecer.

  1. Uso de Laboratórios e salas de aula
10.1 Todos devem cuidar para que os laboratórios e salas sejam mantidos organizados e limpos com equipamentos e/ou materiais em perfeito estado. Qualquer avaria deve ser informada ao professor , imediatamente.
10.2 Evitar comer ou beber dentro dos laboratórios e salas. Papéis e outros lixos devem ser jogados na cesta de lixo e não deixados nas mesas ou no chão.
    1. No fim dos trabalhos nos laboratórios e salas o ambiente deve ficar organizado e limpo.

  1. Estacionamento
11.1 A Escola não oferece estacionamento nas dependências internas.
  1. Uso do Skate
É proibido o uso de skate nas dependências da Escola.
    13. Casos omissos
13.1 Os casos não especificados no presente contrato pedagógico seguirão o estabelecido no Regimento da Escola.
Obs.: Contrato Pedagógico é de extrema importância para desenvolvimento das aulas, pois com esses esclarecimentos podemos evitar conflitos desnecessários para professor /aluno / coordenação/ direção /pais.

Início do ano letivo 2012